Embaixada de Portugal em Cuba

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Bem-vindos à página oficial da Embaixada de Portugal em Cuba

 haVANA

Concerto "Fadistas Cubanas" - 12 de julho

0709 fadistas cubanas 685x512

A Embaixada de Portugal, o Camões I.P. e a Oficina do Historiador da Cidade de Havana têm o prazer de apresentar um concerto único de fado interpretado por artistas cubanos, que terá lugar na Basílica de São Francisco de Assis, no centro de Havana.

Osdalia Lesmes, Lindiana Murphy, María de Jesús López e Lynn Milanés serão as vozes que assumirão um variado programa que resume a tradição e contemporaneidade do Fado, acompanhadas pela pianista Rosa García Oropesa, pelos guitarristas Emilio Martiní e José Bustillo Torres e pelo quarteto de cordas “Arcos”, integrado pelos talentosos instrumentistas Manuel Alejandro de la Cruz, Jorge Amado Molina, Ana Laura León, Yuliet Concepción e Wimian Hernández.

Do repertório escolhido para este concerto constarão canções popularizadas por grandes fadistas, como Amália Rodrigues, Carlos do Carmo, Mariza, Ana Moura, Marco Rodrigues, Cuca Roseta e Camané.

Mensagem de S.Exa. o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

secp 2

Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas - 2018

Caros concidadãos,

No dia 10 de junho comemora-se uma das datas mais emblemáticas da nossa identidade, com a celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Tal como vem sucedendo, as cerimónias oficiais, com a presença dos senhores Presidente da República e Primeiro-ministro, vão ter epicentro em Portugal e no estrangeiro, repartindo-se pelos Açores e pelos Estados Unidos da América.

Adicionalmente, o Dia de Portugal será assinalado um pouco por todo o Mundo, nos diversos continentes, graças ao trabalho conjunto da nossa rede diplomática e consular, do movimento associativo português na diáspora e de muitos cidadãos portugueses e lusodescendentes que, a título individual, dão o seu contributo para que a história, a cultura e as tradições de Portugal sejam enaltecidas com particular entusiasmo e significado.

Esse é um sinal inequívoco de que apesar de estarem fisicamente longe, os portugueses no Mundo têm o seu coração em Portugal.

Outro exemplo dessa ligação inabalável foi bem visível no esforço solidário, protagonizado pelas comunidades portuguesas, no apoio aos territórios afetados pelos trágicos incêndios de 2017. Recentemente tive a oportunidade de visitar o concelho de Pedrógão Grande e pude testemunhar a aplicação concreta desses donativos – vindos de comunidades portuguesas residentes em diferentes continentes – e o modo como contribuíram para atenuar as dificuldades materiais dos cidadãos afetados e para reforçar os equipamentos ao dispor dos bombeiros voluntários locais. Este importante contributo chegou não apenas a Pedrógão, mas beneficiou, também, muitos outros municípios sobre os quais recaiu o infortúnio dos devastadores incêndios do passado verão.

Gostaria de terminar com duas notas finais de grande importância.

Aproxima-se a data da votação final, na Assembleia da República, do “recenseamento automático” dos portugueses no estrangeiro. O Governo fez o seu trabalho e provou que é possível concretizar esta importante medida política. Caso ela venha a ser aprovada, pelos senhores deputados, os portugueses no estrangeiro vão receber uma carta a perguntar se querem ser inscritos nos cadernos de recenseamento eleitoral para poderem votar. Deixam de ter que deslocar-se aos consulados, muitas vezes centenas de quilómetros, para se recensearem.

Iremos pôr um fim a uma desigualdade incompreensível entre os portugueses que vivem em Portugal e os portugueses que vivem no estrangeiro. Será importante, então, participar nos futuros atos eleitorais, seja qual for o sentido de voto, para mostrarmos que valeu a pena promover esta importante mudança nas condições de participação cívica e política das comunidades portuguesas.

Gostaria de reafirmar o empenho do Governo no reforço humano e material dos serviços consulares. Após vários anos marcados por constrangimentos, é agora tempo de repor, gradualmente, a capacidade de resposta dos serviços consulares. Trata-se de uma questão de justiça para os trabalhadores consulares, que todos os dias dão o seu melhor, mas também para os portugueses que por esta via reforçam a sua vinculação a Portugal.

Termino, valorizando e reconhecendo, uma vez mais, o papel protagonizado por todos os portugueses residentes no estrangeiro, que, nas suas dimensões sociais, culturais, económicas e políticas, são uma das mais importantes forças de Portugal e constituem a expressão criadora do nosso humanismo e um exemplo da boa integração de Portugal na vida internacional.

A todos, desejo uma celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas com a alegria, o orgulho e o significado de sempre.

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

José Luís Carneiro

Contactos

Ave 7ma #2207, e/ 22 y 24, Esq con 24
Miramar - Playa
La Habana – Cuba

+53 72040149 (Chancelaria)
+53 72047995 (Secção Consular)
havana@mne.pt (Embaixada)
sconsular.havana@mne.pt (Secção Consular)
havana@mne.pt (Chancelaria)
Facebook 

Mais informação

Ligações úteis

mne1 700x340

conselhos

visit portugal logo

post facebook1

identidad eca de queiros

president

ar

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Instituto Diplomático

Logotipo Portugal Economy Probe

Logotipo Carreiras Internacionais

sef